Mostrando postagens com marcador cajucultura. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cajucultura. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Workshop discute sustentabilidade e inovação na cajucultura do Ceará

Acontece hoje, 14/11, às 19 horas, na Universidade de Fortaleza (Unifor), o Workshop sobre Sustentabilidade e Inovação na Cajucultura do Ceará. O evento será aberto à comunidade acadêmica e às demais pessoas interessadas no tema e apresentará os resultados de estudos realizados por alunos e professores do PPGA em várias cidades do Ceará. 

Roselene Del Vecchio e Minelle Silva. (Foto: Ares Soares/Unifor).
O debate contará com a participação da Embrapa e do Banco do Nordeste, além de representantes da cajucultura no estado e professores e alunos que atuaram no projeto, disseminando suas visões sobre o cultivo e suas inovações.

Ao longo dos últimos anos, está cada vez mais clara a necessidade de mudança nas configurações do negócio da cajucultura, uma vez que a gestão tem sido desafiada a ir além de estruturas convencionais e alcançar uma visão voltada para questões como a sustentabilidade. “Todas as organizações interagem ou fazem parte de cadeias de suprimento, as quais incluem a empresa focal, os fornecedores a montante, compradores a jusante e têm incorporado ainda a discussão sobre a inserção de atores não tradicionais. Neste sentido, o estudo de cadeias de suprimento sob a perspectiva da sustentabilidade tem se mostrado relevante na sociedade”, explica Minelle Silva, professor do PPGA e coordenador da pesquisa (foto).

Um bom programa para esta véspera de feriado.

Serviço
Workshop sobre Sustentabilidade e Inovação na Cajucultura
Data: 14 de novembro
Horário: 19h às 21h
Local: Auditório A2
Mais informações: (85) 99101.6454

domingo, 14 de outubro de 2018

A imagem do domingo: "O descastanhamento"

A imagem deste domingo destaca o trabalho de mulheres indianas na colheita da castanha, mais precisamente na operação de descastanhamento.  A foto, do indiano Sanjib Writes, foi feita na região de Thirupati, estado de Andhra Pradesh (Índia).
Como já tivemos a oportunidade de escrever neste Blog, a Índia é um dos maiores produtores mundiais de castanha de caju. Além disso, grande parte de sua amêndoa é consumida no mercado interno. A mão de obra feminina ocupa lugar de destaque na cajucultura indiana, desde a produção até o processamento.