Mostrando postagens com marcador Exportações cearenses. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Exportações cearenses. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Maiores importadores da amêndoa cearense

Segundo relatório divulgado recentemente pela Adece (Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará), são os seguintes os maiores importadores da amêndoa de castanha de caju cearense:

1. EUA (53,1%)
2. Holanda (9,5%)
3. Canadá (8,2%)
4. México (4,3%)
5. Argentina (4%)
6. França (2,8%)
7. Alemanha (2,5%)
8. Itália (2,3%)
9. Chile (2,1%)
10. Austrália (1,7%)

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Exportações cearenses: castanha no topo

Dados divulgados pela Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), referentes às Exportações Cearenses, revelam que no período entre 2010 e 2018, o valor das exportações de amêndoa de castanha de caju, à exceção apenas de 2013, 2014 e 2015, estiveram acima do setor da fruticultura. Os Estados Unidos continuam sendo o principal destino da amêndoa brasileira, com cerca de 53% do volume total exportado em 2018.

Em termos de agronegócio, a castanha de caju desponta com o primeiro lugar em 2018, vindo em seguida a fruticultura. Tamanha importância bem que merecia do estado uma estrutura de governo mais robusta e específica para o setor.