Mostrando postagens com marcador Plantio adensado. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Plantio adensado. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Cajueiro precoce, de baixo porte e adensado

Plantas precoces, de baixo porte e adensadas. Na opinião dos entendidos, este é o tripé que regerá a moderna fruticultura. E no cultura do cajueiro? Como estamos em relação a esses três pontos? E você, qual a sua opinião? Assista o vídeo para saber das novidades em relação a este assunto.




segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Plantio adensado no cajueiro anão: um novo conceito

Cresce cada vez na fruticultura mundial o emprego de espaçamentos adensados e, até mesmo, ultra adensados. A citricultura já é um bom exemplo disto, onde o plantio de árvores de citros mais perto umas das outras aumenta a produção das safras iniciais em até 89% em relação aos espaçamentos tradicionais. 

O chamado adensamento se revelou extremamente importante para os produtores de São Paulo, onde se localiza o maior polo citrícola do Brasil, pois ajudou a compensar perdas causadas pelo HLB, considerada a mais severa doença dos citros da atualidade.

Na cajucultura, em muitos plantios comerciais na região Nordeste, os antigos espaçamentos de 15m x 15m, 10mm x 10m e 7m x 7m estão dando vez a menores espaçamentos, do tipo 6m x 4m, 5m x 5m e outras combinações. Esta tendência é plenamente justificável, especialmente com o emprego cada vez maior das variedades de cajueiro anão. Outro aspecto importante é que a lógica que impera no plantio adensado é o de produção de castanha por área, não mais por planta. Essa é a mudança de conceito.

Oportunamente abordaremos neste Blog sobre os diferentes arranjos que estão sendo testados pela pesquisa em relação ao cajueiro anão.