Mostrando postagens com marcador Literatura de cordel. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Literatura de cordel. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Caju, um alimento sagrado



Reproduzo abaixo trecho de um trabalho dos craques da literatura de cordel Antônio Klevisson Viana e Rouxinol do Rinaré, em trabalho publicado pela Maguary, no início dos anos 2000: 

"O caju é para nós
Um alimento sagrado
Quando Deus fez o caju
Se encontrava iluminado
Pois dele nada se perde
Tudo é bem aproveitado"

Os poetas sabem das coisas. Pena que o caju permaneça invisível para os formuladores de políticas públicas da região Nordeste.(imagem: VectorStock)

sábado, 10 de novembro de 2018

O caju na literatura de cordel

Neste domingo, dia 11, no Museu do Caju, o Poeta Gerardo Carvalho Frota, mais conhecido como Pardal, fará o lançamento de mais uma obra da literatura de cordel: "Museu do Caju, valorizando e promovendo a cultura do caju cajueiro no Ceará".

O piauiense Pardal, além de poeta, é professor, escritor, cordelista e trovador. É graduado em Filosofia e Comunicação Social (Jornalismo) pela Universidade Federal do Ceará e especialista em Tecnologia Educacional.

Pardal é sócio-fundador do Centro Cultural dos Cordelistas do Nordeste (CECORDEL) localizado em Fortaleza (CE).