Mostrando postagens com marcador Censo Agropecuário 2017. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Censo Agropecuário 2017. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Ceará: cajueiro anão ganha em produção


Na última terça-feira,  a Sra. Regina Dias (IBGE/GCEA Ceará) fez uma apresentação na Câmara Setorial da Cajucultura sobre os dados do Censo Agropecuário de 2017, com foco nos números relativos ao setor da cajucultura. Alguns destaques da apresentação:

- Os municípios cearenses de Bela Cruz, Beberibe, Pacajus e Trairi destacam-se como os maiores produtores de castanha;
- Maiores produtores brasileiros: Ceará, Piauí, Rio Grande do Norte, Bahia e Maranhão;

Em relação às perspectivas para a safra de 2019, os números preliminares do IBGE indicam que a área colhida de cajueiro comum será de 179.447 hectares e a de anão precoce de 90.974 hectares. Os números se invertem quanto à estimativa de produção de castanha, prevendo-se o anão precoce com uma produção de 42.387 toneladas contra 35.634 toneladas produzidas pelo cajueiro comum. O Ceará é o único estado da federação onde o IBGE faz o levantamento da produção de castanha separando o cajueiro comum do anão precoce.

Digno de elogios o trabalho feito pelo IBGE/GCEA Ceará. Na próxima edição do Boletim ICB - Agronegócio Caju em Números, do Instituto Caju Brasil, esses números serão apresentados em maiores detalhes.