Mostrando postagens com marcador PGPAF 2019. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador PGPAF 2019. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Castanha de caju recebe bônus de descontos


A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vai ampliar o número de estados que vão receber os bônus de descontos utilizados por agricultores e extrativistas no Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF). A lista de produtos e estados selecionados foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira (8), com validade de 10 de outubro até 9 de novembro.

Entre as culturas que receberão bônus, a castanha de caju tem porcentagens de desconto para os estados de Pernambuco (40,83%), Maranhão (33,73%), Piauí (30,77%), além de Ceará e Paraíba (28,99%).

Com o bônus, os agricultores familiares podem solicitar os descontos no pagamento ou na amortização de parcelas do financiamento no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Esse mecanismo é responsável pelo financiamento, ampliação e modernização das estruturas de produção, beneficiamento e indústrias no meio rural e em áreas comunitárias rurais (Fonte: Conab/Gerência de Imprensa).


segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Produtos com direito a bônus do PGPAF em agosto já está disponível para consulta

Agricultores e extrativistas interessados no bônus de descontos do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) para o mês de agosto já podem acessar a lista com as culturas e estados contemplados. A relação foi divulgada nesta quinta-feira (8), no Diário Oficial da União (DOU). O cálculo do percentual é feito mensalmente pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O parâmetro usado baseia-se nos custos de produção elaborados pela estatal.

Com o bônus, os agricultores familiares têm a opção de solicitar os descontos no pagamento ou na amortização de parcelas do financiamento no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O programa é responsável pelo financiamento, ampliação e modernização das estruturas de produção, beneficiamento e indústrias no meio rural e em áreas comunitárias rurais.

Ao todo, 12 produtos receberão descontos, que são válidos a partir do dia 10 de agosto até 9 de setembro. Os bônus de maior destaque foram para o feijão caupi nos estados do Tocantins, Maranhão, Pernambuco, Piauí e Mato Grosso e a amêndoa de babaçu, também em Tocantins, Maranhão e Piauí. Outros itens que também contarão com o bônus são o açaí (AC, AM e AP), a raiz de mandioca (AL, CE, PB, RN e Espírito Santo), a castanha de caju (AL, PB, PI), a borracha natural (MA), a cana-de-açúcar (RJ), a laranja (RS), o maracujá (SE e ES), o mel de abelha (BA, PI, RN, PR, SC) e o sorgo (TO).

Os produtos contemplados com o benefício foram detectados pela Conab com valor de mercado abaixo do preço de garantia nos estados. Clique aqui para acessar a lista completa das culturas selecionadas.