Mostrando postagens com marcador Câmara Setorial do Caju. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Câmara Setorial do Caju. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Propaganda e marketing para a cajucultura


A Coordenadoria de Comunicação Social do Governo do Estado do Piauí, em parceria com diversos setores da economia piauiense que estão organizados em câmaras setoriais vai dar início às atividades de produção de programas de  propaganda e marketing com o objetivo de divulgar junto a sociedade a importância de cada atividade econômica, mostrando imagens e narrando os processos na respectiva cadeia produtiva. O trabalho é fruto de demandas das câmaras setoriais do Piauí, coordenadas por Sérgio Vilela. 

Inicialmente, serão veiculadas inserções televisivas dos setores da Cajucultura, Apicultura, Alho, Polo de Saúde de Teresina e Tecnologia de Informação e Comunicação. Os programas serão produzidos nos moldes do “Agro é Tech, Agro é Pop, Agro é Tudo”. 

Alô! Rio Grande do Norte e Ceará, vamos copiar o que é bom? Vamos promover a nossa cajucultura junto à sociedade?

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Caju será um dos temas do Seminário Agrosetores

De 11 a 13 de dezembro, será realizado no Centro de Eventos do Ceará o "Seminário Agrosetores Ceará". Com a duração de três dias o evento se propõe a apresentar um panorama do setor agropecuário cearense por meio das câmaras setoriais e temáticas voltadas para o agronegócio e estabelecidas na Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará – ADECE.

Na nova dinâmica das Câmaras Setoriais que a ADECE propõe para o ano de 2019, elas serão divididas em Câmaras Setoriais do Agronegócio (Frutas, Flores, Mel, Leite, Ovinocaprino, Caju, Carnaúba e Equinos) e da Economia do Mar (Camarão e Tilápia). Além dessas, as Câmaras do Trigo e Derivados, a Câmara Água e Desenvolvimento, a Câmara Comércio Exterior e Investimentos Estrangeiros e a Câmara Setorial de Eventos e Turismo participarão do evento.

O evento, cuja promoção é do Instituto Future, tem como público-alvo produtores rurais, pesquisadores e profissionais da agricultura, gestores públicos e privados de pastas agrícolas, fabricantes de equipamentos, alunos de tecnologia da irrigação, das engenharias agrícola e agronômica. Para inscrever-se clique aqui.

Para o agronegócio caju, espera-se que temas como a "Estratégias para a promoção da amêndoa da castanha de caju e demais coprodutos do cajueiro" tenham o devido destaque nas discussões. Outro ponto, não menos importante, é o relacionado a assistência técnica oficial à cajucultura cearense. Neste sentido, quais as propostas da Câmara Setorial do Caju para o Governo do Ceará, pensando no quadriênio que se inicia em pouco mais de um mês?