Mostrando postagens com marcador Boletim ICB. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Boletim ICB. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Baixe grátis o Boletim ICB Nº3 - o agronegócio caju em números


Leia na edição nº3 do Boletim ICB - o agronegócio caju em números:

• CE, PI e RN respondem por 90,5% da produção brasileira
• Camboja exportou 202 mil t de castanha em 2019
• Crescem as exportações de ACC do Vietnã para a China
• Perspectivas de safra pelo mundo
• Preços internacionais da castanha
• Consumo de ACC no Brasil

Clique aqui para baixar o Boletim ICB_3

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Castanha: preços internacionais em alta?


A principal safra de castanha de caju 2020 em âmbito mundial (Hemisfério Norte) começa em fevereiro e representa 75% da produção mundial. Alguns relatórios indicam que pode começar entre duas e quatro semanas mais tarde em algumas áreas, mas até o presente não há notícias adversas significativas.

Segundo a consultoria SAMSONS TRADERS, é muito cedo para prever a faixa de preço, mas o sentimento é de que os preços da castanha in natura abrirão em níveis altos porque os processadores internacionais não possuem muito estoque. E, como de costume, pagarão bônus pelas chegadas antecipadas, porque os rendimentos são maiores.

Quer saber mais sobre este assunto? Não deixe de ler a edição de janeiro do Boletim ICB - o agronegócio caju em números, que será disponibilizado amanhã neste Blog. Já leu os dois números anteriores? Clique aqui para baixar o número 1 e aqui para baixar o número 2.

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Safra de castanha 2019: 133,9 mil toneladas


O Instituto Caju Brasil divulgou no seu Boletim Nº 2/2019 os números levantados pelo IBGE referentes ao levantamento da safra brasileira de castanha de caju para 2019. Com base nestes dados a estimativa da produção brasileira é de 133.976 toneladas e uma produtividade média de 314 kg de castanha/hectare. Em relação a igual período de 2018 os números apontam para uma queda de 5,2 %. A área colhida está estimada em 426.666 hectares. O Boletim ICB consolidou na tabela abaixo as informações referentes aos seis maiores produtores brasileiros.


Estimativa de produção de castanha de caju 2019 – referência: novembro
Unidade da Federação
Área colhida (hectare)
Produção
(tonelada)
Rendimento médio (kg/ha)
Ceará
270.277
81.870
303
Piauí
69.388
21.631
312
Rio G. do Norte
51.397
16.855
328
Bahia
15.000
3.000
200
Maranhão
12.425
4.024
324
Pernambuco
2.889
4.400
1523
Fonte:Instituto Caju Brasil, 2019 (a partir de dados do IBGE).

Com base nestes números, o Brasil deverá obter em 2019 uma produção de castanha praticamente igual à de 2018, com o Ceará respondendo por 61% da produção total. Saiba mais.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Instituto Caju Brasil lança a 2a. edição do Boletim ICB


O Instituto Caju Brasil disponibiliza aos cajucultores brasileiros a segunda edição do Boletim ICB, publicação pioneira no Brasil na divulgação de estatísticas relacionadas ao agronegócio caju em âmbito nacional e internacional.

 Destaques da segunda edição:

• Consumo interno de ACC no Brasil iguala as exportações em 2019
• Safra brasileira de castanha 2019: quem é quem
• Os números mostram: o cajueiro anão supera o gigante no Ceará
• Vietnã bate recorde de importações de castanha
• Costa do Marfim quer produzir um milhão de t de castanha em 2023

Clique aqui para baixar gratuitamente o Boletim ICB.

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Quem é quem na cajucultura


Segundo dados do Censo Agropecuário do IBGE de 2017, 48% dos estabelecimentos que cultivam caju no Brasil estão no Ceará (cerca de 25 mil estabelecimentos), que lidera a produção nacional de castanha. Quando o produto é o caju de mesa, o Piauí assume a dianteira, seguido pelo Ceará e Rio Grande do Norte. Como já dito, os dados referem-se ao ano de 2017; provavelmente em dois anos devem ter ocorrido mudanças.

No Ceará, os municípios de Bela Cruz, Beberibe, Pacajus e Trairi são os maiores produtores de castanha de caju. Quer saber mais? Aguarde a segunda edição do Boletim do Instituto Caju Brasil, com lançamento previsto para a próxima segunda-feira (16 de novembro). Fique por dentro das estatísticas de produção de castanha de caju no Brasil e nos principais produtores mundiais.

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Boletim ICB divulga dados do agronegócio caju


O Instituto Caju Brasil lança a partir desta data o Boletim ICB - agronegócio caju em números, com informações conjunturais da cajucultura em âmbito nacional e internacional. O Boletim será publicado mensalmente e ficará disponível para download no site do Instituto (www.cajubrasil.org) e nas principais mídias sociais que tratam do agronegócio caju (Blog da Cajucultura, Twitter Cajucultura, etc). Clique aqui para visualizar o Boletim ICB.