domingo, 15 de setembro de 2019

Saiba mais sobre as doenças do cajueiro



Atendendo a diversas solicitações de leitores do Blog, reapresentamos neste domingo um folder que apresenta o quarteto mortal quando o assunto é "doenças do cajueiro". De fato, a Antracnose, o Oídio, a Resinose e o Mofo Preto não brincam em serviço. Quer saber como eles atacam e como controlá-los? Clique aqui e fique por dentro do assunto.

Bom proveito e um excelente domingo!

sábado, 14 de setembro de 2019

Como fazer leite de castanha de caju

Sábado é dia de receita no Blog. E hoje é a vez do Canal Presunto Vegetariano mostrar-nos como se faz o leite da amêndoa de castanha de caju, cujo consumo tem crescido de forma expressiva entre os públicos vegano e vegetariano.

A receita é simples e o produto final é um leite super saboroso e versátil, que pode ser usado para o preparo de vitaminas, tomar com café ou puro, e também no preparo de receitas doces e salgadas.

Vamos aprender?


sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Embrapa promoverá curso sobre oídio



Na última quinta-feira, 12/9, o pesquisador da Embrapa Meio Norte, Cândido Athayde Sobrinho, ministrou palestra na Câmara da Cajucultura, em Teresina, sobre a ocorrência do oídio nos pomares de cajueiro do Piauí. Na ocasião ficou programada a realização de um curso pela Embrapa, nos dias 1, 2, e 3 de outubro próximo, nos municípios de Pio IX, Monsenhor Hipólito, Santo Antônio de Lisboa e Francisco Santos. 

O curso será dividido em uma manhã de aula teórica, seguido de aulas práticas nos campos de produção de cajucultores nos municípios mencionados e em propriedades a serem ainda selecionadas. O público será formado por técnicos e principalmente cajucultores que estão enfrentando prejuízos devido ao oídio.

Ainda sobre a Câmara da Cajucultura, na próxima segunda-feira o Blog da Cajucultura apresentará os principais pontos a serem priorizados por Ranilson Noberto, novo presidente da Câmara Setorial da Cajuculltura do Piauí, durante a sua gestão no referido coplegiado.

Blog da Cajucultura: 162 mil visualizações



O Blog da Cajucultura inicia o mês de setembro com mais de 160 mil visualizações de página. Com uma média mensal superior a 12 mil visualizações, o Blog consolida-se cada vez mais como o informativo do agronegócio caju no Brasil. Aos que nos acompanham diariamente os nossos agradecimentos.


quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Piauí promove o setor da cajucultura



Como já divulgado anteriormente neste Blog, o governo do Piauí, por meio de sua Coordenadoria de Comunicação Social, financiará a produção de vídeos com duração de 60 segundos para que cada setor da economia, organizado em câmaras setoriais, mostrem como os mesmos se desenvolvem através de suas cadeias produtivas.

Os vídeos serão produzidos nos moldes dos que estão sendo veiculados na Rede Globo: “Agro é Tech, Agro é Pop, Agro é Tudo”. A ideia é mostrar para a sociedade piauiense o quê e como se produz no Estado do Piauí. Os vídeos também estarão disponíveis para compartilhamento nas redes sociais.

Os primeiros vídeos serão produzidos tendo por base atividades econômicas desenvolvidas na região sudeste do Estado (região de Picos). Serão produzidas imagens relativas à Cajucultura, Apicultura e Alho, dentre outras atividades econômicas e nas demais regiões do estado.

Considerando que o objetivo dos vídeos é promover setores e não pessoas ou empresas individualmente, não haverão entrevistas nem identificação de empresas.  Para evitar controvérsias,  não serão apresentados números.

Excelente iniciativa!

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Castanha: IBGE prevê safra 13,2% menor que em 2018



O IBGE divulgou nesta terça-feira, 10/9, o 8º Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), referente ao mês de agosto. A produção brasileira de castanha de caju para 2019 é estimada em 122.662 toneladas (13,2% menor que a safra de 2018), a serem colhidas numa área de 428.162 hectares.

O Blog da Cajucultura, com base nos dados do IBGE, compilou na tabela abaixo as estimativas referentes aos principais estados brasileiros produtores de castanha de caju. Vale lembrar que estes números são preliminares, referindo-se ao mês de agosto do corrente ano. Como sabemos, o pico da safra no Ceará, maior produtor, ocorre nos quatro últimos meses do ano.


Estado
Produção (toneladas)
Ceará
66.323
Piauí
25.068
R. G. Norte
17.419
Pernambuco
4.400
Maranhão
4.170
Bahia
3.000


terça-feira, 10 de setembro de 2019

Fibra de caju previne obesidade em animais



Fibras do bagaço de caju tratadas em laboratório para retirada de açúcares e outros compostos de baixo peso molecular foram capazes de inibir a obesidade em ratos submetidos a dieta hipercalórica. Os animais receberam uma dieta rica em gorduras durante 15 semanas. Uma parte dos animais recebeu também a fibra processada em laboratório. O resultado animou os cientistas da Embrapa Agroindústria Tropical (CE) e da Universidade Federal do Ceará (UFC) que realizaram a pesquisa.

A fibra controlou o peso, a gordura abdominal, o apetite e preveniu o aumento da glicemia, das taxas de insulina no sangue e da gordura no sangue (triglicerídeos). Preveniu também o processo inflamatório e reduziu a lesão hepática causada pela dieta hipercalórica.

Na obesidade, o organismo passa a apresentar resistência aos hormônios que atuam no controle da saciedade, fazendo com que o indivíduo sinta mais fome, explica a nutricionista Diana Valesca Carvalho, professora da UFC e uma das responsáveis pelo experimento. No estudo, apesar de os animais consumirem uma dieta hipercalórica, eles mantiveram normais os níveis de leptina e insulina e reduziram a grelina, o hormônio relacionado à fome, o que representou o controle da saciedade.

Os resultados obtidos no estudo fazem parte de um esforço de desenvolvimento de produtos de alto valor agregado a partir do caju. Na Embrapa Agroindústria Tropical diversos estudos relacionados ao tema são realizados, entre eles para o aproveitamento do bagaço de caju, um resíduo abundante da indústria de suco que é desperdiçado (Fonte: Agência Embrapa de Notícias).

Clique aqui para mais informações.

Câmara da cajucultura do Piauí

Boa sacada a escolha da logomarca da Câmara Setorial da Cajucultura do Piauí. A logo apresenta um caju estilizado, à semelhança de uma lâmpada, irradiando luz para esse importante setor do agro regional. A arte é  do design gráfico piauiense Pedro Vilela.

À propósito, a Câmara Setorial da Cajucultura do Piauí, presidida por Lenildo de Lima e Silva, reúne-se na próxima quinta-feira, 12 de setembro, às 9 horas, no auditório da SAF, para tratar da seguinte pauta:
- Eleição da nova Diretoria;
- Discussão sobre o controle do Oídio com as instituições de pesquisa;
- Questão das mudas de cajueiro.

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

África lidera produção de castanha de caju

Projeções do The Cashew Club, estimam que a Costa do Marfim até o ano de 2030 terá uma produção de castanha de caju estimada em quase um milhão de toneladas (ver gráfico). Em seguida aparecem a Nigéria e a Tanzânia, cada uma com cerca de 550 mil toneladas, Moçambique com 250 mil e Guiné Bissau com 150 mil. Não aparecem no gráfico as estimativas para o Benin e o Togo, países que também produzem castanha.

Cada vez mais fica claro que o futuro do agribusiness envolvendo o caju necessariamente passará pela África.